Turquia: Mariano comemora segundo título nacional em cinco dias pelo Galatasaray

Lateral-direito levou o pai, de 76 anos, para a Turquia para acompanhar as finais da Copa e da liga e conquistou os dois títulos

Ex-Fluminense, lateral-direito Mariano, comemorou dois títulos em cinco dias na Turquia pelo Galatasaray. Foto: Arquivo Pessoal

Da redação
Istanbul, Turquia, 20 de maio de 2019

Cinco dias após vencer a Copa da Turquia, o lateral-direito Mariano, ex-Fluminense, faturou o título do Campeonato Turco 2018/2019. No último domingo (19), o Galatasaray bateu o Istanbul BB de virada, por 2 a 1, e assegurou o 22º caneco da liga em sua história, o segundo consecutivo com o brasileiro vestindo a camisa dos Leões.

O camisa 2 confessou que uma presença ilustre nos estádios deu um sabor ainda mais especial ao “doblete”. Mariano dedicou os dois títulos ao pai, homônimo seu, que foi à Turquia para acompanhar de perto a semana decisiva do filho. De quebra, o título da Copa da Turquia, na última quarta-feira (15), foi exatamente no dia do aniversário de 76 anos do Seu Mariano.

“Dedico muito esses títulos ao meu pai. Estou muito feliz, trouxe ele para cá nessa semana e ele foi pé-quente demais. A emoção é gigante, levei ele para o campo depois do jogo pra comemorarmos juntos, ele vestiu camisa, boné, faixa, tiramos foto. Foi muito especial. Além disso, a final da Copa foi no dia do aniversário dele, e pude dar um presente diferente pra ele. Passa um filme na cabeça, desde o começo, quando tudo era sonho, e onde pude chegar hoje, sempre com o apoio dele e da minha família”, comemorou o emocionado Mariano.

Atual bicampeão da liga, o brasileiro também celebrou a semana dourada do Galatasaray, falou da pressão de disputar dois títulos em poucos dias, e confessou que teve plena confiança que equipe conquistaria ambos objetivos neste final de temporada.

“Não é sempre que se consegue vencer os dois principais títulos nacionais na mesma temporada, quem diria tudo em menos de uma semana. É uma carga de pressão muito forte. Além da preparação física, a preparação mental é importantíssima, talvez a principal neste momento. É decisão atrás de decisão, 90 minutos que definem tudo. Fomos muito felizes e trabalhamos muito bem para jogar essas partidas. Chegamos muito preparados a esses momentos, nada tiraria de nós esses títulos, eu tinha absoluta certeza”, completou.

Comentários

avatar
  Subscribe  
Notify of